A guerra contra alienígenas que realmente aconteceu em décadas passadas: Os alienígenas se defendiam e destruíam quaisquer unidades que atiravam contra eles...

11/11/2017 15:05

"Os soviéticos estavam chocados que tantos OVNIs podiam penetrar suas fronteiras e basicamente fazer o que queriam, sem qualquer controle"... Um enorme OVNI apareceu sobre Taiga, na Sibéria. Militares soviéticos despacharam um destacamento especial até a região. Quando aviões soviéticos tentaram se aproximar da nave, eles simplesmente queimaram no ar...

 
 
Acredita-se que a União Soviética esteve engajada num conflito com alienígenas. O contato russo com os ETs teria ocorrido durante as décadas de 1940 e 1950.
 
Durante aquela época, uma onda de avistamentos de OVNIs se espalhou pelos EUA, quando relatos de discos voadores, homens de preto e abduções alienígenas apareciam nas páginas dos jornais.
 
Por volta da mesma época, os soviéticos também começaram a ter contatos mais frequentes com supostos alienígenas, bem como recebiam cada vez mais relatos de naves entrando no espaço aéreo da Rússia.
 
O pesquisador de OVNIs, Paul Stonehill disse ao Daily Star Online:
 
“Os soviéticos estavam chocados que tantos OVNIs podiam penetrar suas fronteiras e basicamente fazer o que queriam, sem qualquer controle por parte do Kremlin. Havia muitos mais casos de encontros diretos do que nos Estados Unidos, e tudo que voava sobre a União Soviética estava muito interessado nas instalações militares secretas.”
 
Por toda a Guerra Fria e a ‘corrida espacial’, as forças soviéticas frequentemente confrontavam os OVNIs.
 
Stonehill disse:
 
“O Kremlin estava paranóico, mas não podia fazer nada. Eles tentaram em várias ocasiões, quando ordens foram dadas do alto escalão para abater os OVNIs, ou então os comandantes locais seriam responsabilizados. Porém, tudo sempre acabava mal para eles.”
 
O pesquisador, cujos artigos têm sido publicados em 11 idiomas, desenterrou uma cultura de segredo total sobre o fenômeno na União Soviética.
 
As pessoas importantes do Kremlin informavam qualquer relato de OVNIs ao público como sendo “farsas executadas pelas forças ocidentais”.
 
Um programa de pesquisa secreto, chamado SETKA, foi estabelecido em 1977, após o incidente Petrozavodsk, no qual 48 OVNIs apareceram nos céus da União Soviética.
 
O incidente chegou ao ápice na cidade industrial de Petrozavodsk, quando um enorme objeto brilhante apareceu no céu – aparentemente projetando colunas de luz em direção à Terra.
 
A meta do programa foi a de decifrar o que eram os OVNIs – com as autoridades soviéticas reconhecendo que a nave não poderia ter origem na Terra.
 
Stonehill disse que muitos dos arquivos do programa permanecem trancados, mas ele adicionou que eles (os arquivos) foram repassados e estudados entre as maiores mentes militares e científicas dos estados comunistas.
 
Formulários também foram entregues para qualquer soldado, marinheiro ou piloto soviético, os quais reportavam encontros com OVNIs com detalhes completos.
 
Um encontro sangrento entre uma nave alienígena e as forças soviéticas ocorreu em 1953, logo após a morte de Stalin.
 
 
Um enorme OVNI, apareceu sobre Taiga, na Sibéria. Militares soviéticos despacharam um destacamento especial até a região. Quando aviões soviéticos tentaram se aproximar da nave, eles simplesmente queimaram no ar, diz Stonehill.
 
Uma ordem secreta foi emitida pelas forças soviéticas durante meados da década de 1960, dando estritas instruções: “Não atire nos OVNIs, deixe-os em paz”...
 
Stonehill disse:
 
“Os alienígenas se defendiam e destruíam quaisquer unidades que atiravam contra eles. Eles desintegravam aviões, e em alguns casos os OVNIs também agiam primeiro.
 
“Nenhum governo quer ser impotente face à uma ameaça, e chegou ao ponto dos soviéticos ficarem bem assustados.”
 
Mas, apesar desses encontros violentos, ele diz que a maioria dos encontros soviéticos eram caracterizados por naves alienígenas simplesmente ‘observando’ as atividades.
 
Ele disse:
 
“Era como se eles [os soviéticos] estivessem sob um microscópio. Houve relatos de OVNIs presentes na maioria, se não todos, os lançamentos espaciais soviéticos.  As naves pareciam saber sobre os portos espaciais e as instalações secretas.”
 
Porém, ele adicionou que as motivações por detrás de quem fosse que estivesse pilotando os OVNIs ainda são um mistério.
 
Stonehill conversou com ex-equipes de inteligência militar, autoridades governamentais e cientistas soviéticos para tentar revelar mais sobre os encontros soviéticos com os OVNIs.
 
Ele publicou vários livros sobre o assunto, tal como ‘Mysterious Sky: Soviet UFO Phenomenon, Soviet UFO Files and UFO Case Files of Russia‘ (‘Céu Misterioso: Fenômeno OVNI Soviético, Arquivos Soviéticos de OVNIs e Arquivos de Casos de OVNIs da Rússia’ – título em tradução livre).
 
Sua publicação mais recente lida com os “encontros com OSNIS” (Objetos Subaquáticos Não Identificados) nos mares 
 

Fonte\Fonte