Impactante: OVNI de 1500 metros de comprimento foi avistado por piloto e passageiros e captado em radar pelo controle de tráfego aéreo

23/11/2017 21:50
 
 
Em 23 de Abril de 2007, perto das 3 horas da tarde, um piloto chamado Ray Bowyer da Aurigny Airline fez um voo local sobre o Canal da Mancha. Durante o voo ele avistou algo absolutamente inacreditavel... Uma brilhante luz amarela de proporções titânicas. 
 
Imediatamente ele comunicou oque viu ao controle de tráfego aéreo de Alderney. Ele afirmou para eles que viu algo gigantesco, que avaliou ter 1500 metros de comprimento.
 
Estas são comunicações reais feitas por radio entre o avião e o controle aéreo:
 
Ray Bowyer: Existe alguém voando ao meu nível na minha frente?
 
Controle: Não, não há aeronaves conhecidas na sua frente.
 
Ray Bowyer: Entendido, eu vejo um objeto brilhante alaranjado na minha frente.. Parece uma plataforma. Eu estou usando binóculos. 
 
Inicialmente o controle aéreo não viu nada, mas depois confirmou o objeto no radar. Eles também receberam a confirmação da existência do objeto de uma outra linha aérea. 
 
Logo depois o piloto que reportou o avistamento inicial avistou um segundo objeto brilhante no céu. 
 
Esse segundo objeto parecia ser menor do que o primeiro, no entanto, ele estava a milhares de metros de distancia. 
 
Ray Bowyer: Eu continuo usando binóculos, um segundo objeto apareceu atrás do primeiro. 
 
Nem o piloto, nem o controlador de tráfego aéreo souberam explicar o que eram os incríveis e colossais objetos, ou mesmo sua origem. 
 
 
O capitão Ray Bowyer avistou o objeto em 23 de Abril durante o voo 544 da Aurigny Airline...
 
Sua viagem de 80 milhas (de 45 minutos) levou-os de Southampton, na costa sul da Inglaterra, no sudoeste de Alderney, a 16 quilômetros da França e do extremo norte das Ilhas Anglo-Normandas (Ilhas do Canal).
 
As transmissões de radio mostraram o piloto totalmente ciente da raridade da situação, e tentando obter o máximo de informações sobre o objeto.
 
Ray Bowyer: Voo 544, mais alguma informação, por favor?
 
Controle: Negativo Voo 544, há apenas o contato primário que as vezes capitamos no radar, nós sabemos que possivelmente existe algo a sua esquerda a 5 quilômetros de distancia. 
 
Ray Bowyer: Contato visual direto bem a frente, objeto amarelo muito brilhante. Ele tem a forma de um charuto.
 
A visão do piloto em um determinado momento se expandiu (ganhou mais visibilidade da área), e nesse momento ele avistou o segundo objeto. E ele não era a unica pessoa que conseguia ver algo no céu.
 
Ray Bowyer: 544 confirmando, os passageiros estão vendo um objeto não identificado a frente a mais ou menos a uma distancia de 8 quilômetros (...).
 
O voo era curto, e Bowyer logo aterrissou o avião em Alderney com segurança. Uma vez em terra o capitão Bowyer fez alguns desenhos do que viu e enviou seus registros ao setor de operações. 
 
Os passageiros confirmaram todo o evento como real, e dois deles recentemente cederam uma entrevista para um documentário da History Channel para relatar o evento..
 
Passageira do avião Kate (testemunha ocular): "Ray abaixou o nariz do avião e quando estava apontando algo para a pessoa sentada atrás dele eu também olhei e vi uma luz enorme e brilhante adiante, e outra luz mais longe. Achei que a segunda luz estava sobre a ilha"
 
 
 
Array