Engenharia extraterrestre: As perfeitas pedras de 150 toneladas usadas na construção de Templos no Egito

03/12/2017 10:15

As pedras aparecem que foram criadas por alguma maquina de fabricação em massa, para caber perfeitamente nos locais correspondentes. Até mesmo hoje seria difícil atingir tamanha perfeição.

 
 
Um dos mais famosos Templos do Vale no Egito é sem dúvida o que pertence a Khafre, localizado no platô de Gizé, a apenas 500 metros da Pirâmide de Khafre.
 
É um dos templos mais bem preservados do Egito, sobrevivendo há milhares de anos completamente intacto, tendo sido coberto por areia até o século XIX.
 
As paredes de pedra calcária do templo medem 45 metros e sua espessura diminuiu exponencialmente com o tempo, dando-lhe uma aparência exterior de uma Mastaba.
 
As paredes são cobertas com granito vermelho polido tanto dentro como fora, enquanto o chão é de pedra calcária branca.
 
 
 
Auguste Mariette descobriu o local em 1852, e deu-lhe o nome de Templo da Esfinge, acreditando que era para servi-lo.
 
Acredita-se que o templo foi usado para o processo de mumificação do faraó e para sua purificação antes de ser enterrado na pirâmide.
 
É desprovido de pinturas e inscrições, e você tem aberturas na parte superior das paredes que fornecem luz natural.
 
Seu interior foi decorado com estátuas do faraó, que foram colocadas em um poço existente em uma data posterior à sua construção.
 
O próprio templo é considerado uma maravilha absoluta da engenharia antiga por vários motivos.
 
Seu estilo arquitetônico distintivo faz dele um dos edifícios mais antigos e melhor preservados do Egito.
 
Uma das principais características do Templo do Vale em Gizé é a enorme quantidade de pedras megalíticas usadas em sua construção. A estrutura central do vale é uma das características mais incomuns: é construída inteiramente de blocos massivos de pedra calcária que excedem 100 a 150 toneladas de peso (cada um).
 
É impossivel para os especialistas atuais explicar como os antigos construtores conseguiram realizar essa construção, já que mesmo atualmente teríamos dificuldades em realizar tal feito.
 
Além da grande quantidade e tamanho das pedras utilizadas na construção, outra característica incompreensível são as paredes do templo, que foram feitas com uma precisão sem precedentes, tornando o interior do templo parecido com um grande quebra-cabeças tridimensional.
 
As pedras foram manipuladas com tanta precisão que algumas delas têm várias superfícies expostas com vários cantos e ângulos.
 
As pedras aparecem que foram criadas por alguma maquina de fabricação em massa, para caber perfeitamente nos locais correspondentes. Até mesmo hoje seria difícil atingir tamanha perfeição.
 
Vestígios de tecnologia avançada em outras partes do mundo
 
Como os antigos construtores conseguiram tudo isso, continua sendo um profundo mistério para os estudiosos. Na verdade a unica explicação plausível é que essas construções não foram feitas por seres humanos, mas talvez por uma outra civilização avançada, possivelmente de fora desse mundo. 
 
 
 
Array