Casos Ufológicos: A nave negra que cruzou os céus de Ohio continua a ser um mistério

15/07/2019 19:02

 

OVNI em Ohio-Kentucky

 

 

Esta “nave negra” de formato estranho, com várias luzes aparentes na sua parte inferior, foi supostamente filmada e fotografada por um pai e seu filho que estavam recém saindo de um restaurante próximo da divisa dos estados de Ohio e Kentucky, nos EUA, por volta das 19h00 do horário local (2015).

 

A dupla, de nome Tom e Christopher, teria dito que cinco minutos mais tarde dois “helicópteros militares” seguiram na mesma direção.
 
No vídeo filmado pelo pai, Tom, a suposta nave é vista plainando vagarosamente, mas ao chegar próxima do horizonte dois flashes de luz são vistos vindos dela em cada um dos seus lados.
 
Flash de luz ao lado da suposta nave.
 
As supostas fotos são muito mais claras e mostram o formato aerodinâmico e as luzes na parte inferior.
 
Contudo, o vídeo dividiu os pesquisadores de OVNIs após ser liberado no YouTube na terça-feira, no canal Secureteam10, o qual já foi acusado anteriormente de ter postado vídeos de OVNIs feitos com imagens computarizadas.
 
OVNI em formato estranho 2
 
 
Tyler Clockner, que gerencia o canal, nega ter feito isto deliberadamente e afirma ser um pesquisador genuíno.
 
No vídeo, Glockner disse: “A razão de eu estar chamando esta uma aeronave alienígena, ao invés de somente um OVNI… é devido ao impressionante detalhe, onde podemos ver as verdadeiras características estruturais desta nave. E pessoal, vocês deem uma olhada e me digam se isto tem algo a ver com humanos. As características desta coisa não fazem o menor sentido“.
 
OVNI em formato estranho
 
Glockner adicionou: “O pai e o filho descreveram a nave como sendo assustadoramente silenciosa. Há fileiras de janelas, câmaras, luzes brilhantes e outras características que simplesmente não combinam com nada que você possa imaginar na Terra…”
 
 
.
 
 
O pai e filho teriam dito que, enquanto dirigiam seu automóvel, viram “dois helicópteros militares” indo na mesma direção da nave, cinco minutos mais tarde, mas não puderam filmá-los pois estavam indo muito rápido e o carro estava indo na direção oposta…

 

Fonte