Os pesquisadores teriam encontrado o lendário Hall of Records - A câmara dos registros

25/05/2016 13:24

Hall Of Records - A Lendária Câmara dos Registros

 
 
 
Se diz que o "Hall of Records" detém a chave para a compreensão da nossa civilização e a verdadeira história da humanidade.
 
Mitologicamente, diz-se ser uma biblioteca enterrada em algum lugar no Egito, e muitas pessoas acreditam que poderia estar localizada sob a enigmática Esfinge de Gizé. A descoberta feita em 2008 de uma biblioteca subterrânea vasta, poderia mudar para sempre a história e a origem da civilização egípcia antiga.
 
No Hall of Records (Salão de Registros ou Câmara de Registros) é dito que poderia abrigar o conhecimento dos antigos egípcios documentados em rolos de papiro antigo, e acredita-se ter informações historicas sobre o continente perdido de Atlântida, bem como a sua localização.
 
Em termos de importancia, a Sala Egípcia dos Registros é como a Grande Biblioteca de Alexandria, que abriga todo o conhecimento grego.
 
Embora os estudiosos tradicionais afirmem que não existe nenhuma evidência indicando que o Hall of Records é real, muitos cientistas como Robert Schoch e Thomas Dobeck acreditam, e que poderia estar localizado em baixo da Esfinge.
 
No livro "Mensagem da Esfinge", de Graham Hancock, e Robert Bauval diz que, o governo do estado egípcio em conjunto com os arqueólogos americanos têm bloqueado todas as investigações em torno ou abaixo da Esfinge, impedindo qualquer pessoa de acessar as cavidades subterrâneas e descobrir o que está localizado abaixo da Esfinge.
 
Enquanto á aqueles que acreditam que o Hall of Records existe e foi construído pela antiga civilização egípcia, há outros que pensam que o Salão existiu, mas não foi construído pelos antigos egípcios, mas sim por uma antiga civilização muito mais antiga que antecede os egípcios 
 
Reprimida por arqueólogos e estudiosos tradicionais, há uma enorme biblioteca subterrâneo descoberta no Egito há algum tempo atrás. O achado pode ser facilmente considerado como uma das maiores descobertas do Egito Antigo, mas poucos sabem sobre a sua existência. É uma descoberta que poderia ser considerada como uma das mais importantes do século, mas ainda, por uma razão desconhecida, a maioria dos estudiosos tradicionais, em conjunto com os pesquisadores egípcios tentam arduamente manter qualquer um longe dessa descoberta.
 
 

O Salão Perdido de Registros, finalmente teria sido encontrado ?

 
 
É possivel que realmente tenham encontrado o Salão dos Registros ? Curiosamente, a existência da "biblioteca subterrânea" foi mencionada por Herodotus e Strabo que teve o prazer de visitar e registrar o labirinto lendário.
 
Entre os primeiros a mencionar a sua existência era Herodotus :
 
"Isto que eu vi, realmente é um trabalho indescritível. Se alguem coloca-se junto as contruções feitas pelos gregos, elas pareceriam muito menores e menos trabalhadas comparado a esse labirinto. Até mesmo as pirâmides são indescritíveis, muito semelhante as incriveis obras gregas, mas o labirinto supera até mesmo as pirâmides." Herodotus ('histórias', Livro, II, 148) .
 
De acordo com o que foi escrito por Herodotus I no século IV aC: "O labirinto é situado um pouco acima do lago de Moiris e quase o oposto ao que é chamado de City of Crocodiles" ( 'histórias', Livro, II, 148).
 
 
Com base nas descrições de textos antigos como os de Herodotus, e outros que visitaram o labirinto misterioso no passado distante, no seculo XVII o jesuíta alemão estudioso chamado Athanasius Kircher, criou a primeira reprodução pictórica do labirinto enigmático assim como Herodotus descreveu: 
 
"Tem doze quadras cobertas, com portões um diante do outro, seis no lado norte e seis no sul, juntando-se uns aos outros, e as mesmas paredes os cercam. E há nela dois tipos de câmaras, um tipo abaixo do solo e outra acima destes, três mil em número, de cada tipo mil e quinhentos. O conjunto superior de câmaras que nós mesmos vimos [...]"
 
A incrivel biblioteca subterrânea poderia facilmente ser como é descrita em muitos lugares como a "Câmara dos Registros" (Hall Of Records). Descoberto em 2008 por um grupo de pesquisadores belgas e egípcios, o templo subterrâneo consiste de mais de 3000 quartos que são preenchidos com hieróglifos incríveis e pinturas, o complexo subterrâneo enigmático está localizado a menos de 100 quilômetros do Cairo em Hawara, não muito longe da pirâmide de Amenemhat III.
 
Esta incrível descoberta foi mantida longe da sociedade por circunstâncias misteriosas. Os resultados da expedição foram publicados em 2008 brevemente na revista científica do NRIAG. Parte dos resultados da pesquisa foram trocadas em uma conferência pública na Universidade de Ghent. A mídia da Bélgica participou. No entanto, a descoberta foi rapidamente suprimida uma vez que o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades (Egito) colocou um limite de espera para todas as outras formas de transmissão e divulgação sobre a descoberta, devido a sanções de segurança nacional do Egito.
 
Em 2010, Cordier abriu um site, "Labyrinth of Egypt", a fim de trazer a descoberta totalmente disponível para todo o mundo. Mesmo que os investigadores tenham confirmado a existência do complexo subterrâneo mais escavações precisam ocorrer no futuro, a fim de explorar essa descoberta incrível. Acredita-se que os tesouros do labirinto subterrâneo conseguiriam dar as respostas a inúmeros mistérios históricos e da antiga civilização egípcia.
 
.
 
Seria esta biblioteca descoberta em 2008 a verdadeira 'Câmera dos Registros' ? Além disso, é possível que, devido à sua extrema importância, o governo decidiu negar novos estudos e escavações?